Mútua: precisamos investir em marketing
 
Ainda no primeiro dia do 26º CBENC, a palestra “Mútua voltada para os profissionais”, apresentada pelo Eng. Agrônomo Francisco Almeida, Diretor Presidente da Mútua, falou de uma instituição que tem a proposta de ser uma caixa de acolhimento e fugir do estereótipo de apenas um banco. “Cerca de 100 mil pessoas, ou 13% dos 1 milhão de profissionais do país têm alguma ligação com a nossa entidade. Queremos crescer e expandir ainda mais”, continuou.

Para ele, potencializar o acesso dos profissionais aos benefícios da Mútua contribuirá também para o desenvolvimento da categoria como um todo, assim como do Brasil. “Nós somos pilares da democracia e queremos participar desse momento do país junto com o Sistema Confea/Crea. Temos responsabilidade social e ambiental e queremos dar a nossa contribuição. Precisamos construir pontes, construir união, trabalhando fortemente nosso marketing e aproveitando as oportunidades oriundas da pandemia, que trouxe novas perspectivas para todos”, acrescentou.

Segundo ele, um dos próximos passos da Mútua é investir em um plano de saúde que possa abranger os profissionais de todo o Brasil. “Também queremos liberar 5% da arrecadação para educar nossos jovens, dar cursos de empreendedorismo e capacitação. Vamos fazer essa revolução”, finalizou. A palestra teve mediação do Eng. Civil Júlio Russi.

O 26º CBENC é organizado pela Associação Brasileira de Engenheiros Civis (ABENC) e acontece até amanhã (17/12) na sede do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP).
 
Conteúdo/comunicação: Básica Comunicações
 
Fotos: Nublar Filmes
publicado em 16/12/2021

Copyright © 2014
Compartilhe: